Nossas Histórias

ESSE BLOG É PARA CONTARMOS AS NOSSAS HISTÓRIAS, MOSTRAR A NOSSA LUTA E A NOSSA VITÓRIA...

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

SOBREVIVENTES DA ESCURIDÃO / DEPOIMENTO 1

LÁ TENHO HOJE 26ANOS,E QUANDO EU TINHA 13E14ANOS SOFRI ABUSO SEXUAL DO MEU TIO MATERNO; DESTE DE ENTÃO VIM SENDO UMA PESSOA COM COMPORTAMENTOS ESTRANHOS (C/NÃO CONSEGUIA ME SENTIR A VONTADE C/OS NAMORADOS QUE TIVE, NÃO SENTIA PRAZER, NÃO TINHA VONTADE DE TRANSAR). MAS ACHAVA QUE ERA NORMAL AI FOI CRESCENDO E ME CASEI; E C/1ANO DE CASADA TIVE UM FILHO, E C/28 DIA DE VIDA DELE EU DEI UMA CRISE NÃO COMIA, NÃO FALAVA, NÃO ANDAVA SO FICAVA DEITADA; FOI ENTÃO QUE TUDO COMEÇOU DEI DEPRESSÃO POS PARTO EU TINHA 21ANOS ISSO JA FAZ 5ANOS QUE EU NÃO CONSIGO OLHAR MEU FILHO, TENHO CRISES DIRETO JA FUI INTERNADA EM VÁRIOS SANATÓRIOS; E NUNCA ACHAM O MOTIVO DA MINHA DEPRESSÃO; LENDO OS DEPOIMENTOS ME DEPAREI COM VÁRIOS SINTOMAS; EU TODA VEZ QUE TENDO SUICÍDIO (ISSO JA FORAM MAIS DE 30) EU ME MACHUCO (C/CHAVINHA DE CADEADO, OM COLHERES, C/A UNHA) QUALQUER COISA SERVE P/ MIM MATAR AQUELA VONTADE DE ME MACHUCAR! E OS MEDICOS NUNCA EXPLICAM O PORQUE DAS TENTATIVAS DO AUTO EXTERMÍNIO E DE SE MACHUCAR; ALGUNS MEDICOS JA FALARAM QUE EU TENHO A DUPLA PERSONALIDADE MAIS EU NEM SABIA O QUE ERA "ELA"; TENHO VÁRIAS BRIGAS C/ ESSE TIO QUE FEZ O ABUSO COMIGO E TENHO VONTADE DE MATAR ELE! HÁ 2MESES TENTEI OUTRO SUICÍDIO E ME MACHUQUEI TODA (CORTEI OS BRAÇOS, AS PERNAS). NÃO AGÜENTO MAIS ME AJUDEM !!!!! EU QUERIA A OPINIÃO DE VOCÊS? SERÁ QUE TEM A VER O ABUSO QUE SOFRI C/O QUE VEIO PASSANDO??? O QUE VOCÊS ACHAM??? E QUE TRATAMENTO ME INDICAM??? (FAÇO TRATAMENTO DIRETO C/PSIQUIATRA DE 15 EM 15dias, E C/ PSICÓLOGA 2 VEZES POR SEMANA) MAS NÃO TENHO VISTO MELHORAS!!!

8 comentários:

  1. Amiga, você está no caminho certo, ao buscar resposta para sua depressão e seus atos. Ir ao médico é fundamental pois os remédios também ajudam.

    Para curar nossas mágoas e neuras, é preciso perdoar nossas dificuldades e limitações para poder melhorar, como você está fazendo. Mas é preciso saber também que quando nos tratamos as melhorias não acontecem de uma hora para outra, são conquistadas dia a dia, e é inclusive muito comum acontecer recaidas durante o tratamento, porém as recaídas vão acontecendo cada vez mais longe uma da outra, os momentos bons vão conquistando espaço na nossa vida, até que um dia as crises não vão atrapalhar mais a sua vida.

    Continue firme na sua cura!! Não se desespere com os momentos ruins, pois com certeza eles passam!!

    Ignore o seu tio da sua vida e não se deixe mais sofrer por esse imbecil e covarde!!

    De total atenção aos bons momentos da sua vida, aproveite por exemplo quando voce tiver a oportunidade de dar e receber um beijo de seu filho!!
    Esse é um presente que nem todas mulheres tem!!

    Vibre, curta os momentos simples e se algo ruin acontecer novamente, tenha certeza que vai passar, tenha calma para conquistar tua sonhada cura, pois ela vai chegar.

    Sua cura já ta dentro de você!!


    VOCE MERECE!! VOCE É CAPAZ DE SER FELIZ!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário e pelo apoio. Abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Li sua história, nunca passei por isso, mas posso tentar imaginar oq vc passou e passa. Não sei se devo falar isso, é uma misera opinião, sinto que vc precisa de LIBERTAÇÃO, sei que não se pode apagar ao passado e nem esquece-lo. Começá a falar com Deus, conte seus problemas a ele, pois ele é o único que pode te ajudar e sair dessa situação em que vc vive a tanto tempo. Somos todos filhos da fé e, eu sobrevivo disso, conte seus problemas a ele, e o MAIS ele fará. Deixo com vc essa palavra, espero que sirva de conforto ao seu coração. Estarei orando por vc e sua familia, creio que Deus vai restituir tudo aquilo que foi roubado. ( Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso
    pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.)

    Salmos 91:1-2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter certeza que o abuso que você sofreu, se transformou na base de toda sua infelicidade e dores emocionais, abuso sexual, cuide bem deste trauma, conte para Deus, peça ajuda dele, converse com o psicólogo ele também vai te ajudar muito, use também as técnicas de EFT ( ver vídeo you tu be) Já passei por isto, sofri dá minha infância até aos 48 anos, quando enfim descobri, que todos meus sofrimentos, originava desta base, que era o trauma por ter sido molestado sexualmente, desta base era lançada na minha mente todo tipo de imagens e pensamentos negativos e destrutivos, sentimentos e emoções trágicas e terríveis, ao ponto de eu achar que já estava morando no inferno, perdi praticamente a minha vida em todos os sentidos. más posso te dizer que existe cura ou pelo menos muita melhora na qualidade de vida. O que me aconteceu foi algo até aparentemente simples, com 13 anos eu estava muito curioso, com o sexo, morávamos na roça, e de vez enquanto eu dormia com o meu primo que tinha uns 17 anos, não sei como aconteceu, más ele pegava no meu pênis e eu pegava no pênis dele, eu não tinha nem esperma ainda, ele passou a me explicar como era esperma, me masturbava e eu masturbava ele, um dia ele me levou mais para longe da minha casa, para fazermos sexo, ele passou o pênis dela no meu ânus, não houve penetração, desde este dia a minha vida começou a azedar, passei a ser um rapaz muito tímido, passei a ter tristeza e muito medo de ser gay, revoltado, terríveis dor de cabeça, baixo estima, complexo de inferioridade, um dia, fui tentar transar com uma mulher e brochei, ai o meu inferno começou de vez, fiquei muito preocupado, a noite quando estava dormindo, achei que estava morrendo, e deste dia para cá passei a ter tremores interno e uma dor terrível no peito, passei por psicólogos, psiquiatras, igrejas, centro espírita, pensei que era feitiço, nada resolveu o meu caso a curto e médio prazo, só Deus o tempo e os tratamentos vem me curando deste trauma que infelizmente me arrasou , destruiu a minha vida. Más descobrir a base, a origem dos meus problemas esta me libertando deste terrível Diabo que a moles tacão sexual.

      Excluir
  4. Eu concordo com o anônimo acima. Lógico que v passa por problemas de não aceitação do que lhe aconteceu, e, por se culpar (o que está completamente ERRADO!), v causa dores em si mesma como forma de punição. Mas v já deve ter ouvido isso de algum psicólogo ou psiquiatra. Contudo, nenhum deles vai resolver seu problema, e qdo a nossa medicina não pode, Deus entra com providência. Creia q existe um mal que procura destruir sua vida e te induzir a pensamentos destrutivos. Não perca seu tempo: procure uma igreja que trabalha com libertação, tipo a Universal. Você pode ser feliz, e não se mate por causa de um otário como esse cretino que lhe fez tanto mal. Viva, garota! Seja feliz... e com Jesus será mt melhor!

    ResponderExcluir
  5. Eu ja fui abusada também, Pelo meu pai.... se agarra em Jesus, vc precisa se libertar dessa dor e culpa....continue os tratamentos sim! Mas essa confusão só sai da sua cabeça se você se aproximar de Deus! Não to falando de religião...nem de igrejas, mas sim de Deus. Qd vc se deitar,ore..converse com ele ,pede ajuda....eu tenho certeza que vc vai começar a sentir uma paz! Lembra que eu também passei por isso qd tinha 4 anos...e se não fosse o amor de Deus na minha vida eu ja tinha me matado...igual a vc ta fazendo! Não adianta sanatório, remédios, consultas se vc não entregar sua vida a Ele! Só conversa com Jesus ,sem igrejas ou religiões! Fica bem!

    ResponderExcluir
  6. Olá, meu nome é Osni e sou de são José dos Campos (São Paulo), sou ator e tenho uma Cia de Teatro, e através dela e dos membros da cia, lutamos e levamos questões que muito nos atormentam a reflexões e debates sempre em nossas apresentações e palestras, nós não ganhamos nada com isso, ou melhor ganhamos sim, usamos o que gostamos de fazer para escancarar assuntos que são verdadeiras vergonhas e que causam tanto mal a tantas pessoas, procuramos com nosso trabalho não chocar mas sim alertar, esclarecer, e tentar de uma vez por todas que essas histórias não mais aconteçam, tenho duas filhas que amo muito e ficaria louco se qualquer coisa dessa natureza viesse a acontecer por isso cuido e vigio muito mas sei que só isso não é suficiente, então converso bastante com elas que estão já entrando na adolescência e pré-adolescência, sim somos amigos além de tudo, hoje como cia de teatro conseguimos entrar em escolas, repartição públicas, igrejas e todos os lugares levando sempre nossa mensagem e dando nosso recado, um dos trabalhos chamou-se "A Seca da Alma" que discutimos e levamos para o público toda a miséria sofrida pela população mais carente do nosso pais, e principalmente como nós mesmos vemos essas pessoas e como as tratamos por serem o que são: retirantes, flagelados, esquecidos. outro trabalhos chamou-se "É isso que você pensa", todos nós sofremos pré-conceito, de todas as espécies: de cor, de credo, social, por coisas que nos aconteceram. sempre somos condenados pelo simples motivo de sermos humanos as vezes diferentes ou não, o que é ser diferente?
    hoje estamos trabalhando sobre uma das histórias mais bizarras da nossa história como nação, e que aconteceu no Rio em 1910, sobre um senhor chamado João Cândido Felisberto, conhecido como "Almirante Negro" história de sofrimento, pré- conceito e traição praticado por nossos governantes e que até hoje sofremos algumas retalhações por tratar desse assunto que é realmente uma vergonha para o Brasil.

    Mas conto tudo isso por que paralelo a isso estamos começando um trabalho que com certeza será um dos nossos maiores desafios, que é falar sobre a violência doméstica em toda sua amplitude, nós queremos alertar, queremos pedir ajudar, queremos denunciar, não queremos que nossas crianças passem a vida sofrendo por causa de pessoas que deveriam cuidar delas, protegê - las, nós queremos mostrar aos pais que se calam o mal que estão fazendo, queremos mostrar aos parentes que sabem e não fazem nada o mal que estão fazendo, queremos mostrar pra essa sociedade de mentira que o mal não acaba quando acaba o abuso, a violência ou a agressão física ou moral ou psicológica, queremos usar nosso trabalho pra levantar essa bandeira e contribuir de alguma maneira e falar por quem ainda não pode, não quer ou não consegue, somos pessoas como todas as outras com problemas defeitos frustrações e sonhos, mas temos uma arma que podemos usar contra todo esse mal e somos nós mesmo, precisamos de ajuda para criar este trabalho para conhecer mais sobre este assunto para que possamos levar a verdade sempre na frente do nosso trabalho, quem puder e quiser nos ajudar ficaremos agradecidos e engrandecidos com a ajuda se vier, obrigado de uma pessoas que ainda acredita nos seres humanos de verdade. osni.osni0@gmail.com ciamundoteatral@gmail.com, por favor não precisam se identificar, apenas acreditem que estamos falando sério, sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Osni. Sou a Bya Albuquerque, criadora e administradora da comunidade "Filhas do Silêncio". Tirando quatro nomes...todos os outros depoimentos estão postados sob pseudônimo. Muitos deles...a grande maioria...recebo no meu e-mail e a pessoa pede para publicar o seu depoimento e não me procura mais. Várias fazem parte da comunidade, porém não querem ser identificadas. Tenho um grande compromisso de discrição com todos. Vou postar esse texto no meu grupo secreto, formado somente por mulheres abusadas. Meu e-mail é beatriza67@gmail.com
      Estou a sua disposição para ajudar. Parabéns pelo belo trabalho...abraço, Bya.

      Excluir