Nossas Histórias

ESSE BLOG É PARA CONTARMOS AS NOSSAS HISTÓRIAS, MOSTRAR A NOSSA LUTA E A NOSSA VITÓRIA...

segunda-feira, 30 de março de 2015

Depoimento de C.A

Falar sobre abuso é sempre uma tarefa muito difícil. Como muitas de vocês, tive em minha infância uma história de abuso sexual. resolvi deixar aqui meu depoimento como forma de desabafo,e pq entendi que compartilhar experiências com outras pessoas nos fortalece e nos ajudam a entender o q passamos. Nunca tive coragem de falar sobre isso com ninguém, sufoquei sozinha essa dor por décadas. Hoje tenho 37 anos, e fui abusada sexualmente aos 7 anos, por um amigo muito próximo da família. na época sem entender o que havia acontecido,só contei uma parte do abuso p minha mãe, e nunca mais toquei no assunto com ninguém. na ocasião, meus pais tomaram as devidas providências para q aquele homem não se aproximasse mais de mim. eles sempre me amaram muito, mas por  falta de conhecimento, não me deram o suporte emocional necessário, eles simplesmente nunca mais falaram sobre o q acontecera comigo, acredito q com esperanças de q eu pudesse esquecer, talvez por conta da minha pouca idade.  Durante muito tempo da minha vida, tentei varrer essa experiência de horror para baixo do tapete. O desejo de que  tudo isso não tivesse acontecido era tão grande q por algumas vezes cheguei a duvidar de minhas lembranças angustiantes. Mas quem passa por uma experiência de abuso sabe que é impossível sair ileso. Quando menos eu esperava, era inundada por aquelas lembranças que me tiravam a paz,o sono, e me roubavam o ar. uma descarga de adrenalina,não conseguia respirar,o coração disparava,como se fosse sair pela boca,suava frio, pernas bambas e estômago completamente embrulhado. sintomas físicos, de minha dor emocional. Ele não feriu apenas meu corpo, feriu também minha alma! Por nunca ter tratado esse trauma,cresci com uma auto imagem destorcida, ansiosa, minha autoestima era muito ruim, me sentia traida,  suja, usada,culpada, impotente,e não me sentia merecedora de nada, tinha uma dificuldade enorme em confiar nas pessoas,achava que qualquer pessoa que se aproximasse poderia me fazer sofrer. Isso me fez ter alguns problemas em meus relacionamentos. Nunca consegui levar um relacionamento por muito tempo, por mais q gostasse da pessoa. Mas ainda q com algumas dificuldades seguia tentando levar minha vida da melhor maneira possíveL,cheguei a pensar que tivesse superado essa fase ruim. Já havia se passado muitos anos, e estava fazendo terapia,mas ainda não tinha tocado nesse ponto,achava desnecessário. quando um dia  sem mais nem menos, me deparei com esse fantasma do passado. Fiquei alucinada! De repente cara a cara com meu  abusador. Sucumbi! Não tinha como continuar vivendo como se nada tivesse acontecido. Comecei a apresentar sintomas de estresse pós traumático. A partir daí começamos a tratar esse ponto na terapia. Fizemos varias tentativas sem sucesso. Foi aí q por excelência da minha terapeuta, enviada por Deus, começamos um novo tratamento: EMDR( uma forma de reprocessamento dos pensamentos através de movimentos oculare). No início foi desesperador! As  primeiras sessões nos leva a reviver a experiência com muita nitidez. É Nesse momento, q todo medo, raiva,   angústia, nojo, culpa, e todas as lembranças e sentimentos ruins q vc nem sabia q existiam nos rasgam o peito. mas vale a pena sentir tanto... chorar tanto... passar pelo processo é libertador!  Com  decorrer do tratamento o alívio é fantástico!!. Ainda sigo em tratamento, acreditando,  já vivenciando a melhora dos sintomas, e com a certeza de que Deus está cuidando de mim, e curando as feridas de minha alma. E Espero em breve   voltar aqui para deixar meu depoimento completamente curada.